Pode vir o caneco, foram-se as checas…

Depois da vitória de Portugal contra a República Checa podemos tirar duas conclusões sobre este Euro. A primeira é que esta competição está a mostrar a força dos chamados PIGS, os parentes pobres da Europa. A segunda é que não é o ano do futebol bonito, pelo menos do jogado fora de campo, nas bancadas.

Depois da passagem de Portugal às meias finais, ficam a faltar as relativamente prováveis passagens da Espanha  e da Itália (um semi-PIG), e a surpresa da Grécia contra a poderosa (dentro e fora de campo) Alemanha, e fica garantido que a vitória no derradeiro jogo do Europeu irá encher de felicidade algum povo com poucas razões para sorrir.

Por outro lado tem sido um europeu desastroso para os genes esteticamente abençoados. Depois da Rússia, da Suécia, da Polónia, da Ucrânia, da Dinamarca e da Croácia, terem ficado pela fase de grupos, retirando um sem número de beldades dos quartos de final, a vitória de Portugal privou os olhos mais gulosos de algumas guloseimas como estas:

Infelizmente, nesta eliminatória a beleza estava condenada a sair derrotada. Afinal de contas acabaram por seguir para as meias finais as mais bonitas adeptas do europeu.
Anúncios
Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s